Mulher AgasalhadaNa página anterior nós falamos sobre tendências sempre atuais da moda Primavera Verão, além de algumas dicas de peças-chave e outras que devem ser usadas com cuidado ou evitadas. Aqui você confere as principais tendências do Outono Inverno que nunca saem de moda!

Tendências para o Outono

Também conhecido como “meia estação”, o outono é um período complicado na hora de se vestir devido à sua falta de estabilidade entre o frio e o calor. Portanto, a dica aqui é evitar roupas muito pesadas, procurando sempre o equilíbrio com as sobreposições de peças. Abuse das blusas de meia manga e dos coletes.

Os cardigãs também são uma ótima opção, pois além de possuírem muita diversidade de cores e modelos, cabem facilmente dentro da bolsa quando o clima esquentar. Os cachecóis também ganham espaço, pois protegem o pescoço do frio e ainda são super charmosos. Uma ótima opção são as camisas, pois se fizer calor, basta dobrar as mangas e abrir alguns botões.

Aqui, o sapato que faz a cabeça das mulheres é a ankle boot. Ankle significa “tornozelo”, ou seja, trata-se de uma pequena bota que geralmente fica na altura do tornozelo. Elas mantém os pés aquecidos mas sem esquentar demais, pois não possuem o cano muito alto – perfeito para este período. Se você for baixinha e tiver as pernas grossas, procure usar uma ankle boot com cano bem baixinho e de preferência da mesma tonalidade (ou próxima) da pele, pois alonga a silhueta.

Cuidados no Outono

Se você estiver acima do peso, atenção com as sobreposições volumosas, como por exemplo, roupas com muitos bolsos ou babados. A dica aqui é utilizar peças com bom caimento e fazer combinações monocromáticas ou optar por tons escuros. Uma boa combinação, é usar por cima de uma blusa mais básica, um colete bem soltinho aberto na frente, pois as listras verticais formadas por ele vão dar uma sensação de que você é mais alongada. Já para as magrinhas demais, vale o inverso! Aproveite as sobreposições e roupas em camadas ou franjas para criar volume e disfarçar os quilinhos a menos.

Tendências para o Inverno

O inverno é sem dúvidas a estação mais elegante de todas. As peças coloridas dão espaço aos tons mais sóbrios, principalmente o preto. Mas há uma explicação lógica: roupas pretas absorvem mais luz e calor do que peças claras, o que é perfeito para o inverno.

Além do preto, há uma estampa que está sempre presente nos invernos: o xadrez! Outra peça super utilizada no inverno que nunca sai de moda é o couro. Podem ser calças, saias, shortinhos ou as conhecidas jaquetas de couro. Para fugir do preto total, uma boa opção são as peças de couro em outras cores, como caramelo ou vinho.

Durante o inverno, muitas mulheres dividem a mesma dúvida: como não passar frio em eventos cujo vestido é a peça-chave, como casamentos ou festas formais? A dica aqui é abusar das meias-calças mais grossas, como as de fio 80, e dos boleros, como os de pelúcia. Assim, é possível se manter aquecida sem abrir mão do vestido. No inverno, as botas não podem faltar. Podem ser de salto, de camurça, estilo cavalaria, coturno ou de cano super longo. Elas protegerão do frio e completarão a elegância da estação.

Cuidados no InvernoCachecol Azul

Famosa e muito utilizada nos anos 80, as botas brancas hoje causam muita polêmica no mundo da moda, e até mesmo grandes influentes do meio fashion não sabem como definir esta peça.

Por ser muito difícil de ser combinada com qualquer roupa que seja, não é um item muito recomendado, a não ser que você tenha muito estilo e consiga sustentar o look.

Para as que querem algo diferente das botas pretas e marrons, mas não querem correr grandes riscos, uma boa opção são as botas em tons de cinza, marfim, verde musgo ou vinho, tonalidades fáceis de combinar e boas para fugir do básico.

Importante: De nada serve a moda se não for para destacar o que cada um tem de melhor! Nunca utilize peças que causem desconforto ou que não te façam se sentir bem. Não é por que algo está na moda que tem que ser de uso obrigatório para todas, afinal, cada um tem seu biotipo, sua forma de se vestir e sua identidade. O importante é sempre respeitar seu estilo próprio, fazendo adequações ao que melhor lhe cair bem, para assim, valorizar os pontos fortes.